Em fevereiro deste ano, Vladimir Sankin salvou um garoto de 10 anos das mãos de um pedófilo.Mecânico, 34 anos, ele pode ser condenado a até 15 anos de prisão pelo seu ato de heroísmo, na Rússia.Em um vídeo, o mecânico russo agradece o apoio que tem recebido — uma petição online contra a prisão dele foi assinada por 70 mil pessoas — e afirma que “todo homem faria o mesmo” naquela situação.

Fonte: O caso do homem que salvou um menino de 10 anos, matou o pedófilo e pode ser condenado