Japão: Forte terremoto de 7,1º na escala Richter sacode Tóquio e Fukushima, alerta de Tsunami

O Centro Alemão de Pesquisa de Geociências (GFZ) relatou um terremoto de magnitude 7,2º na escala Richter no Japão perto de Sendai, Sendai Shi, Miyagi. O terremoto aconteceu tarde da noite no sábado, 13 de fevereiro de 2021, às 23h07, horário local [as 11:07:49 no horário de Brasília], a uma profundidade moderadamente rasa de 59 km. A magnitude, epicentro e profundidade exatas do terremoto podem ser revisados ​​nas próximas horas ou minutos, conforme os sismólogos revisam os dados e refinam seus cálculos, ou conforme outras agências emitem seus relatórios.

Tradução, edição e imagens:  Thoth3126@protonmail.ch

Tóquio e Fukushima são fortemente abalados quando um poderoso terremoto de 7+ atinge a costa leste do Japão

Fontes:  Volcano Discovery – Rússia Today – USGS

Um segundo relatório foi publicado posteriormente pelo Serviço Geológico dos Estados Unidos, que o listou como um terremoto de magnitude 7,1. Outras agências que relataram o mesmo terremoto incluem Geoscience Australia (GeoAu) em magnitude 7,0, e o Centro Sismológico Europeu-Mediterrâneo (EMSC) em magnitude 7,1.

Um terremoto de 7 graus de magnitude atingiu a costa da prefeitura de Fukushima, no Japão, no sábado, sacudindo violentamente cidades na costa leste e gerando temores de um tsunami, semanas antes do aniversário do desastre nuclear de 2011. Diversas agências sismológicas estimaram a magnitude do terremoto, que atingiu o leste da maior ilha do Japão, Honshu, em 7,0 ou mais.

Com base nos dados sísmicos preliminares, o terremoto deveria ter sido amplamente sentido por quase todos na área do epicentro. Isso pode ter causado danos leves a moderados.
Tremor moderado provavelmente ocorreu em Namie (pop. 21.900) localizado a 61 km do epicentro, Watari (pop. 36.300) 76 km de distância, Iwanuma (pop. 42.400) 79 km de distância, Kakuda (pop. 33.200) 79 km de distância, Ishinomaki ( pop. 117.200) 81 km de distância, Shiogama (pop. 59.500) 83 km, Sendai (pop. 1.063.100) 89 km de distância, e Iwaki (pop. 357.300) 100 km de distância.

VolcanoDiscovery atualizará automaticamente a magnitude e a profundidade se eles mudarem e acompanhará se outras notícias significativas sobre o terremoto estiverem disponíveis. Se você estiver na área, envie-nos sua experiência por meio de nosso mecanismo de relatório, online ou vianosso aplicativo móvel . Isso nos ajudará a fornecer mais atualizações em primeira mão para qualquer pessoa no mundo que queira saber mais sobre este terremoto.Um terremoto de 7 graus de magnitude atingiu a costa da prefeitura de Fukushima, no Japão, no sábado, sacudindo violentamente cidades na costa leste e gerando temores de um tsunami, semanas antes do aniversário do desastre nuclear de 2011.

Diversas agências sismológicas estimaram a magnitude do terremoto, que atingiu o leste da maior ilha do Japão, Honshu, em 7º na escala Richter ou mais. Também foi registrado como o mais alto possível na Escala de Intensidade Sísmica da Agência Meteorológica do Japão. Um terremoto 7 no Japão indica um terremoto violento e pesado que pode sacudir pessoas e objetos, destruir edifícios e rachar o solo.

O forte terremoto gerou temores de um possível tsunami, mas a ameaça foi logo cancelada. Os falantes de inglês no Japão recorreram às redes sociais para expressar seu choque com o terremoto, que alguns descreveram como muito mais violento do que qualquer outro.

Em mais de 7 anos no Japão, esse foi o terremoto mais forte, mais longo e mais assustador que já senti”, escreveu um usuário , enquanto um streamer japonês do Twitch afirmava que o terremoto a fez pular da cama.

O governo japonês emitiu um alerta para a população de uma possível ocorrência de tsunami no país após um forte terremoto de 7.1º atingir a região de Fukushima neste sábado (13). O incidente deixou ao menos 20 pessoas feridas.

Em mais de 7 anos no Japão, esse foi o terremoto mais forte, mais longo e mais assustador que já senti”, escreveu um usuário , enquanto um streamer japonês do Twitch afirmava que o terremoto a fez pular da cama.

Segundo autoridades locais, pelo menos 20 pessoas ficaram feridas nas prefeituras de Miyagi e Fukushima. O porta-voz do governo, Katsunobu Kato, disse que cerca de 950.000 casas ficaram sem eletricidade após o terremoto.

A Agência Meteorológica do Japão disse que não havia informações iniciais de que um tsunami era iminente. As informações foram publicadas pelo portal Kyodo.

{Nota Thoth: Nos registros de um antiquíssimo Templo budista em LHASA, no TIBET [antiga colônia de Atlântida], há para ser visto uma antiga inscrição caldeia inscrita cerca de 2.000 anos a.C. (ou mais antiga ainda…) onde se pode ler:

Quando a estrela Baal caiu sobre o lugar onde agora é só mar e céu, as sete cidades com suas portas de ouro e seus templos transparentes tremeram e balançaram como as folhas de uma árvore na tempestade. E eis que um dilúvio de fogo e fumaça surgiu a partir dos palácios, a agonia e os gritos da multidão preencheram o ar. Eles procuraram refúgio em seus templos e cidadelas e o sábio Mu, o hierático sacerdote de Ra-Mu, se levantou e lhes disse:

“Será que eu não previ tudo isso”?

E as mulheres e os homens em suas roupas brilhantes e pedras preciosas se lamentavam:

Muito em breve a história do final de Atlântida se repetirá, e os eventos serão a nível GLOBAL. Cientistas Alertam que o Supervulcão Yellowstone, com uma cratera de 90 quilômetros de diâmetro, localizado no parque federal de Yellowstone, pode DESTRUIR os EUA e afetar a vida em todo o planeta.

“Mu, salve-nos.”

E Mu respondeu:

“Vocês morrerão junto com os seus escravos e suas riquezas materiais e de suas cinzas surgirão novas nações. E se eles também se esquecerem que são superiores, não por causa do que eles usam ou possuem, mas do ( bem e a Luz) que eles colocarem para fora de si mesmos, a mesma sorte  vai cair sobre eles!”

As chamas e o fumo sufocaram as palavras de Mu. A terra das sete cidades e seus habitantes foram despedaçados e engolidos para as profundezas do oceano revolto em poucos dias”.



Sobre fenômenos oceánicos no litoral do BRASIL:

Fenômenos oceânicos raros no litoral do sul e sudeste intrigam especialistas


Isto é tudo pessoal, o Tempo acabou!

“Haverá muitas mudanças dramáticas no clima do planeta, muitas mudanças nas condições meteorológicas na medida em que o tempo da grande colheita se aproxima muito rapidamente ao longo dos próximos anos. Você vai ver a velocidade do vento em tempestades ultrapassando 300 milhas (480 km) por hora, às vezes. Deverão acontecer fortes tsunamis e devastação generalizada NAS REGIÕES COSTEIRAS, e emissão de energia solar (CME-Ejeção de Massa Coronal do Sol) que fará  importante fusão e derretimento das calotas de gelo nos polos, e subseqüente aumento drástico no nível do mar, deixando muitas áreas metropolitanas submersas em todo o planeta“.  SAIBA MAIS no LINK


Permitida a reprodução desde que mantida a formatação original e mencione as fontes.

www.thoth3126.com.br


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.