Reino Unido registra 191.832 casos de Efeitos Colaterais [Cegueira e Surdez] pela “Vacina” mRNA Covid-19

Dos 191.832 EVENTOS [EFEITOS COLATERAIS] ADVERSOS registrados, a vacina da AstraZeneca consistentemente teve o pior desempenho, sendo responsável por 60% de todos os eventos adversos e 58% dos relatórios de surdos e cegos. Além disso, das 402 mortes, 197 foram relatadas após o uso da fórmula mRNA da Pfizer-BioNTech e 205 mortes após a administração da vacina AstraZeneca.

Tradução, edição e imagens:  Thoth3126@protonmail.ch

NO REINO UNIDO, 191.832 EVENTOS [EFEITOS COLATERAIS] ADVERSOS INDIVIDUAIS, INCLUINDO CEGUEIRA E SURDEZ, FORAM RELATADOS APÓS O RECEBIMENTO DA INJEÇÃO mRNA COVID19

Fonte:  Humans Are Free – por Geoffrey Grider

As vacinas COVID de mRNA da Pfizer / BioNTech e Oxford / AstraZeneca receberam autorização temporária no Reino Unido pela Agência Reguladora de Medicamentos e Produtos de Saúde (MHRA), a primeira em meados de dezembro de 2020 e a última no início de janeiro de 2021.

Desde então, o esquema do ‘Cartão Amarelo’ sinalizou 191.832 eventos adversos individuais, ou efeitos colaterais, de vários graus de lesão.

Dos ferimentos registrados, a vacina da AstraZeneca consistentemente teve o pior desempenho, sendo responsável por 60% de todos os eventos adversos e 58% dos relatórios de surdos e cegos. Além disso, das 402 fatalidades, 197 foram relatadas após o uso da fórmula da Pfizer e 205 após a administração da vacina AstraZeneca.

Você está começando a perceber o quão perigosas essas inheções mRNA realmente são?

Chegando a um quinto de milhão de pessoas no Reino Unido que têm e estão experimentando reações adversas à vacina de mRNA, incluindo dezenas de casos de cegueira e surdez.

E se fosse você quem tomasse a injeção mRNA e agora está cego? Vale a pena perder os olhos para ter uma “proteção” marginal contra um vírus com uma [taxa de recuperação de 99,95% para pessoas com menos de 70 anos] ?

Lembre-se, esta é apenas a ponta do iceberg, pois só vai piorar a partir daqui.

Além de tudo isso, ninguém sabe os efeitos de longo prazo da injeção de uma [pseudo] vacina de mRNA em um corpo humano, esses estudos nunca foram feitos e é por isso que esse tipo de ‘vacina’ nunca foi aprovado para uso humano.

E ainda não foi aprovado em lugar algum fora do uso de emergência, então você precisa pensar sobre isso também. Isso não é teoria da conspiração, são os fatos reais, com números significativos.

Questione tudo, nunca aceite nada como verdade sem a sua própria análise, chegue às suas próprias conclusões.


“Parece duvidoso se, de fato, a política de “Botas no rosto” pode continuar indefinidamente.  Minha própria convicção é que a oligarquia governante encontrará maneiras menos árduas e perdulárias de governar e de satisfazer sua ânsia de poder, e essas formas serão semelhantes às que descrevi em Admirável Mundo Novo [uma verdadeira profecia publicada em 1932]

Na próxima geração, acredito que os governantes do mundo descobrirão que o condicionamento INFANTIL e a narco-hipnose são mais eficientes, como instrumentos de governo, do que e prisões e campos de concentração, e que o desejo de poder pode ser completamente satisfeito sugerindo às pessoas que amem sua servidão ao invés de açoita-los e chutando-os até à obediência. ”  Carta de Aldous Huxley  EM 1949 para George Orwell autor do livro “1984” 


Mais informações adicionais:

Permitida a reprodução, desde que mantido no formato original e mencione as fontes.

www.thoth3126.com.br


VEJA TAMBÉM:

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.