No dia 21 de fevereiro, o prefeito Edinho Silva (PT) foi às redes sociais para informar a população de que a única solução para controlar o aumento crescente de pacientes em leitos de UTI na cidade era a instauração de mais um lockdown em Araraquara (SP). Este, muito mais severo que os anteriores, fechou lojas e supermercados e impediu completamente a circulação de pessoas e veículos pela cidade. Passado um mês, o número de pacientes que precisam de leitos de UTI para se tratar da covid-19 aumentou 37% — eram 62 no dia em que a medida entrou em vigor. Subiram para 85, segundo o boletim deste domingo, 21 de março.

Fonte: Covid-19: depois de um mês de lockdown, aumenta o número de pacientes internados em leitos de UTI em Araraquara – Revista Oeste