Gilmar Mendes assume postura negacionista da cristofobia

O ministro do STF, Gilmar Mendes, manteve o tom agressivo contra cristãos do país ao defender a manutenção dos decretos municipais e estaduais que proíbem cultos e missas, tema do julgamento desta quarta-feira (7), que continuará nesta quinta. O fenômeno, que segundo a ONG Portas Abertas mantém mais de 350 mil cristãos em situação de risco pelo mundo, é afastado por Mendes que diz ser “surreal” associar decretos a sentimento anti-cristão.A sessão foi suspensa após Gilmar Mendes atacar e ofender o Advogado-Geral da União, André Mendonça e o procurador Augusto Aras, da PGR, após ambos defenderem a liberdade de culto a cristãos. Mendes chegou a afirmar que a Constituição não dá o “direito à morte”, referindo-se aos riscos da Covid-19, que tem letalidade de menos de 1%.

Fonte: Gilmar Mendes assume postura negacionista da cristofobia

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.