Resultado das Medidas Restritivas: Desemprego e Fome Aumentam no País a Níveis Alarmantes | Crítica Nacional

Cerca de um ano após o início da pandemia no Brasil, as medidas restritivas draconianas tomadas por governadores e prefeitos a pretexto de conter o avanço do vírus chinês resultaram no aumento do desemprego e na consequente elevação do índice pobreza e miséria do país.

O risco de chegarmos a estes quadro desolador foi antecipado primeiramente pelo próprio Presidente Bolsonaro, e diversos artigo do Crítica Nacional alertaram ao longo desses meses para este fato: as medidas de restrição não apenas são ineficazes no combate à pandemia, como acentuam as condições para fragilização da população, tornando-a mais vulnerável ao vírus.

Pesquisa divulgada nesta segunda-feira (05/04) pela Rede Brasileira de Pesquisa em Soberania e Segurança Alimentar e Nutricional (Rede Penssan), realizada entre outubro e dezembro de 2020, revela que cerca de 116.8 milhões de pessoas não têm garantia de colocar alimento na mesa.

Fonte: Resultado das Medidas Restritivas: Desemprego e Fome Aumentam no País a Níveis Alarmantes | Crítica Nacional

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.