A AÇÃO E A REAÇÃO

Em 26 de agosto de 2020 o ministro do Supremo Tribunal Federal Luiz Roberto Barroso, participou de uma “web binar” promovida pela Fundação Fernando Henrique Cardoso, tendo como tema “Retrocessos na Democracia” quando declarou, expressando-se em inglês, textualmente que “acredita na resiliência da democracia no Brasil, apesar do Presidente Jair Bolsonaro”.

Falou ainda, “que Bolsonaro defende a ditadura e a tortura”.

Essa não foi uma manifestação jurisdicional lavrada nos autos de um processo. Foi uma declaração de um ativista político, que integra e representa uma das mais altas instituições da República com responsabilidade de preservar, manter e respeitar o Estado Democrático de Direito.

Um ataque aberto junto à comunidade internacional, contra a instituição Presidência da República, que revela indisfarçável ativismo político.

CONTINUE LENDO >  A AÇÃO E A REAÇÃO

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.