Deslize do MEC revela parceria polêmica com financiador de agenda de gênero

A Edulivre, entidade responsável por uma área do site do Ministério da Educação, tem apoio institucional do Banco Interamericano do Desenvolvimento (BID), histórico financiador de pautas radicais como a agenda de gênero, que defende uma redefinição ideológica da identidade humana por meio de crenças sem fundamentos científicos. Uma das pautas fundamentais para essa linha ideológica é a desconstrução da linguagem, a partir da popularização da linguagem neutra.A parceria veio à tona após um alerta do jornalista Allan dos Santos, que foi respondida pelo Twitter pelo ministro da Educação, Milton Ribeiro, que revelou a autoria de um deslize do MEC, ao deixar ser inserido um termo de linguagem neutra em uma área do site, administrada pela ONG Edulivre. Curiosamente, a entidade não utiliza a linguagem neutra em seu site.

Fonte: Deslize do MEC revela parceria polêmica com financiador de agenda de gênero

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.