Justiça proíbe governo de fazer campanha sobre tratamento precoce

Na quinta-feira (29), a Justiça Federal em São Paulo proibiu a Secretaria Especial de Comunicação Social (Secom) do governo federal de promover campanhas publicitárias defendendo o ‘kit-covid’ ou o tratamento precoce contra a Covid-19.Conforme a liminar, expedida pela juíza da 6ª Vara Cível Federal de São Paulo, Ana Lucia Petri Betto, os influenciadores contratados pelo governo para defender o atendimento precoce contra o novo coronavírus terão de fazer retratação pública em suas mídias sociais.“[Que] a Secom se abstenha de patrocinar ações publicitárias que contenham referências a medicamentos sem eficácia comprovada contra a covid-19, especialmente com expressões como ‘tratamento precoce’ ou ‘kit-covid’ ou congêneres”, escreveu Betto.

Fonte: Justiça proíbe governo de fazer campanha sobre tratamento precoce

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.