A Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas informou nesta segunda-feira (31), um caso de mucormicose, infecção causada por fungo chamado popularmente de “fungo preto”, está sendo investigado em um paciente em Manaus.O homem de 56 anos era diabético e foi internado em 16 de abril com sintomas gripais, no entanto, não teve diagnóstico positivo para o coronavírus. Uma coceira no olho evoluiu para uma infecção e ele veio a óbito em 16 de abril.A comunicação de risco foi realizada pelas autoridades responsáveis do Amazonas ao Centro de Informações Estratégicas e Resposta em Vigilância em Saúde nacional, após o recebimento do resultado de exames informado pela Fundação de Medicina Tropical na última sexta-feira (28).Conhecido popularmente como “fungo negro”, o quadro mata mais de 50% dos acometidos. Muitos precisam passar por cirurgias mutilantes, que retiram partes do corpo afetadas pelo micro-organismo, como os olhos.

Fonte: Amazonas investiga morte de paciente infectado por ‘fungo preto’